Resumo: Um diário para Jordan são cartas escritas de uma mãe para o seu filho - agressivas em sua honestidade - sobre o pai que ele perdeu antes mesmo de começar a falar. É também um misto de conselhos e orações de um pai para seu filho, que ele nunca conheceu.

“Este livro é um presente, e não apenas para o Jordan.” – USA Today

Em 2005, o Primeiro-Sargento Charles Monroe King começou a escrever o que se tornaria um diário de duzentas páginas para o seu filho, caso ele não voltasse para casa da guerra do Iraque. Charles King, 48 anos, foi morto em 14 de outubro de 2006, quando um explosivo caseiro foi detonado dentro do veículo militar onde estava, em uma rua isolada perto de Bagdá. Seu filho, Jordan, tinha apenas sete meses.

Visto como um pai pelos soldados sob o seu comando, Charles envolveu-se naturalmente com as cartas para seu filho. Em um caprichado bloco de cartas, ele o aconselha sobre tudo, desde como suportar decepções e fazer um acordo com adversários até como comportar-se em um namoro. Ele terminou o diário dois meses antes de sua morte, tão intoxicado com o amor que sentia por seu pequeno filho que aquela noite ele mal dormiu.
Um diário para Jordan tem uma suave introdução, um adeus amoroso, um relatório de informações sobre a vida de soldado, e uma lembrança consternadora sobre o custo humano da guerra.

DANA CANEDY é editora sênior do New York Times. Em 2001, ela fez parte da equipe que venceu o Pulitzer Prize pela reportagem “O convívio entre as raças na América”. Criada perto de Fort Knox, Kentucky, ela vive em Nova York com seu filho, Jordan. Visite www.ajournalforjordan.com

Autora: Dana Canedy
ISBN: 978-85-98580-78-4
Formato: MP3
Duração: 7h45min

Audiolivro: Um diário para Jordan
R$36,00 R$21,50
Quantidade
Audiolivro: Um diário para Jordan R$21,50

Conheça nossas opções de frete

Resumo: Um diário para Jordan são cartas escritas de uma mãe para o seu filho - agressivas em sua honestidade - sobre o pai que ele perdeu antes mesmo de começar a falar. É também um misto de conselhos e orações de um pai para seu filho, que ele nunca conheceu.

“Este livro é um presente, e não apenas para o Jordan.” – USA Today

Em 2005, o Primeiro-Sargento Charles Monroe King começou a escrever o que se tornaria um diário de duzentas páginas para o seu filho, caso ele não voltasse para casa da guerra do Iraque. Charles King, 48 anos, foi morto em 14 de outubro de 2006, quando um explosivo caseiro foi detonado dentro do veículo militar onde estava, em uma rua isolada perto de Bagdá. Seu filho, Jordan, tinha apenas sete meses.

Visto como um pai pelos soldados sob o seu comando, Charles envolveu-se naturalmente com as cartas para seu filho. Em um caprichado bloco de cartas, ele o aconselha sobre tudo, desde como suportar decepções e fazer um acordo com adversários até como comportar-se em um namoro. Ele terminou o diário dois meses antes de sua morte, tão intoxicado com o amor que sentia por seu pequeno filho que aquela noite ele mal dormiu.
Um diário para Jordan tem uma suave introdução, um adeus amoroso, um relatório de informações sobre a vida de soldado, e uma lembrança consternadora sobre o custo humano da guerra.

DANA CANEDY é editora sênior do New York Times. Em 2001, ela fez parte da equipe que venceu o Pulitzer Prize pela reportagem “O convívio entre as raças na América”. Criada perto de Fort Knox, Kentucky, ela vive em Nova York com seu filho, Jordan. Visite www.ajournalforjordan.com

Autora: Dana Canedy
ISBN: 978-85-98580-78-4
Formato: MP3
Duração: 7h45min