Resumo: “Eu estava em Darfur quanto terminei de ler a obra de Julie Flint e Alex de Waal. O livro é obrigatório para quem se dispõe a entender as raízes do genocídio e os rumos que ele ainda pode tomar”.
Diogo Schelp - jornalista

Uma terra sem lei, onde o conflito entre rebeldes do oeste do Sudão e o próprio governo já matou mais de 300 mil e obriga cerca de 2 milhões a viver em campos de refugiados. O povo de Darfur, hoje, enfrenta em seu dia-a-dia violência, fome e miséria - situação provocada há décadas, pelo descaso ininterrupto de governantes sudaneses pela região. O desenvolvimento desigual entre as regiões gerou revolta, e favoreceu o surgimento de grupos rebeldes nos locais menos favorecidos, que hoje lutam pelos seus direitos. Porém, o conflito ultrapassou a ordem política e se transformou, nos últimos anos, em uma guerra sangrenta, agravada pelas diferenças culturais e étnicas, e pelas disputas territoriais.

As ofensivas do governo sudanês à resistência dos insurgentes vão além da atuação do exército. Forças paramilitares espalham horror entre a população local, com o intuito de conter os atos de rebeldia dos darfurianos. Os “Janjaweed”, a milícia formada por membros de antigos grupos tribais de língua árabe, recebe artilharia e aval do governo para cometer barbáries nos povoados “não-árabes”, deixando intactos aqueles pertencentes ao seu grupo étnico.

Mais que um relato sobre a guerra, o livro é uma tentativa de dar voz ao grito sufocado do povo de Darfur, chamando a atenção do mundo a esse triste conflito que assola a África contemporânea. Os autores trazem as respostas da União Africana e da comunidade internacional, incluindo as tentativas dos tratados de paz e de proteção aos direitos civis.

“Este livro brilhante é uma leitura essencial para qualquer um que quer entender a complexa história de DARFUR, e como esta região tornou-se sinônimo de sofrimento”.
Mia Farrow

“Eu estava em Darfur quanto terminei de ler a obra de Julie Flint e Alex de Waal. O livro é obrigatório para quem se dispõe a entender as raízes do genocídio e os rumos que ele ainda pode tomar”.
Diogo Schelp - jornalista


ISBN: 978-85-98580-38-8
Formato: MP3
Tempo: 14h48min

Audiolivro: DARFUR - Uma nova história de uma longa guerra
R$35,00 R$21,00
Esgotado
Audiolivro: DARFUR - Uma nova história de uma longa guerra R$21,00

Resumo: “Eu estava em Darfur quanto terminei de ler a obra de Julie Flint e Alex de Waal. O livro é obrigatório para quem se dispõe a entender as raízes do genocídio e os rumos que ele ainda pode tomar”.
Diogo Schelp - jornalista

Uma terra sem lei, onde o conflito entre rebeldes do oeste do Sudão e o próprio governo já matou mais de 300 mil e obriga cerca de 2 milhões a viver em campos de refugiados. O povo de Darfur, hoje, enfrenta em seu dia-a-dia violência, fome e miséria - situação provocada há décadas, pelo descaso ininterrupto de governantes sudaneses pela região. O desenvolvimento desigual entre as regiões gerou revolta, e favoreceu o surgimento de grupos rebeldes nos locais menos favorecidos, que hoje lutam pelos seus direitos. Porém, o conflito ultrapassou a ordem política e se transformou, nos últimos anos, em uma guerra sangrenta, agravada pelas diferenças culturais e étnicas, e pelas disputas territoriais.

As ofensivas do governo sudanês à resistência dos insurgentes vão além da atuação do exército. Forças paramilitares espalham horror entre a população local, com o intuito de conter os atos de rebeldia dos darfurianos. Os “Janjaweed”, a milícia formada por membros de antigos grupos tribais de língua árabe, recebe artilharia e aval do governo para cometer barbáries nos povoados “não-árabes”, deixando intactos aqueles pertencentes ao seu grupo étnico.

Mais que um relato sobre a guerra, o livro é uma tentativa de dar voz ao grito sufocado do povo de Darfur, chamando a atenção do mundo a esse triste conflito que assola a África contemporânea. Os autores trazem as respostas da União Africana e da comunidade internacional, incluindo as tentativas dos tratados de paz e de proteção aos direitos civis.

“Este livro brilhante é uma leitura essencial para qualquer um que quer entender a complexa história de DARFUR, e como esta região tornou-se sinônimo de sofrimento”.
Mia Farrow

“Eu estava em Darfur quanto terminei de ler a obra de Julie Flint e Alex de Waal. O livro é obrigatório para quem se dispõe a entender as raízes do genocídio e os rumos que ele ainda pode tomar”.
Diogo Schelp - jornalista


ISBN: 978-85-98580-38-8
Formato: MP3
Tempo: 14h48min